Eficiência Energética

Através das suas soluções integrais de poupança energética, a Applus+ ajuda os respetivos clientes a conseguirem uma maior vantagem competitiva e a aumentarem a sustentabilidade das suas atividades.
 
As fases principais nos projetos de eficiência energética são:
  1. Fase de auditoria energética;
  2. Fase de planificação e desenvolvimento de um projeto essencial;
  3. Fase de execução.
 
A poupança energética é o resultado final de uma análise exaustiva de todos os sistemas e processos de consumo e transformação de energia, seja num processo industrial ou num edifício.
 
Esta análise começa com um exame dos sistemas geradores de energia (salas de caldeiras, sistemas de refrigeração, cogeradores, instalações de biomassa, sistemas geradores alimentados por energias renováveis, etc.), continua com o estudo dos sistemas de distribuição (sistemas de bombeamento, circuitos de ar comprimido, sistemas de propulsão hidráulica ou elétrica, etc.) e, por último, examina os elementos terminais (unidades de tratamento do ar, ventiloconvetores, câmaras de refrigeração, sistemas de iluminação, etc.).
 
A nossa análise da eficiência energética dos processos e tecnologias do cliente tem como finalidade principal determinar a rentabilidade de qualquer medida de poupança energética (MPE) que possa ser proposta. Isto implica calcular a potencial poupança que implicará cada MPE em relação ao gasto atual, assim como o nível de investimento necessário para a implementar.
 
No âmbito da consultoria energética, a Applus+ também é líder no acompanhamento e desenvolvimento de políticas nacionais de eficiência energética em diferentes países do mundo. Entre estes projetos incluem-se, por exemplo, o desenvolvimento de um sistema de certificação energética para classificar os edifícios de um país em função da respetiva eficiência energética relativa, ou a utilização da georeferenciação para monitorizar a intensidade energética de uma determinada zona, a fim de medir o consumo energético da mesma.