INTRODUÇÃO
Os ensaios de materiais são uma parte importante de todas as atividades relacionadas com a construção e o funcionamento de equipamentos. O conhecimento das propriedades dos materiais pode influenciar o design dos sistemas e o funcionamento dos mesmos. Existem diferentes técnicas não invasivas e meios destrutivos que ajudam a recolher os dados necessários para garantir que os produtos são fabricados e funcionam de acordo com as suas especificações. Quando introduzidos e utilizados de forma eficaz, os programas de materiais permitem que os clientes recolham os dados necessários para garantir que os equipamentos são adequados à respetiva utilização, para além de permitirem identificar num sistema específico elementos nos quais poderão ocorrer problemas.
A NOSSA SOLUÇÃO
Graças à sua vasta experiência na realização de ensaios tanto destrutivos como não destrutivos, a Applus+ proporciona aos seus clientes a informação de que necessitam para avaliar corretamente os seus sistemas e componentes. O objetivo geral da Applus+ é proporcionar aos operadores a informação necessária para que os seus sistemas sofram o mínimo possível de dificuldades ao longo da vida útil dos ativos. O nosso software de gestão de dados internos e externos permite registar resultados e gerar relatórios a partir desta informação, analisando tendências nos dados anteriores com o objetivo de construir modelos preditivos e calcular a vida útil potencial dos ativos.
DIRIGIDO A
A utilização de um programa eficaz de materiais é vantajosa para todas as indústrias. Independentemente do objetivo das inspeções (verificar o material dos componentes, confirmar as propriedades funcionais dos materiais ou investigar potenciais defeitos), colocar em prática um programa deste tipo contribui para assegurar que os ativos são adequados no que respeita a função, qualidade e segurança.
VANTAGENS E BENEFÍCIOS
Entre as vantagens dos ensaios de materiais podemos enumerar:
 
  • Entender as propriedades mecânicas dos materiais utilizados.
  • Avaliar a integridade dos sistemas.
  • Verificar os materiais utilizados em todos os passos da construção.
  • Identificar áreas com riscos potenciais.
  • Demonstrar com meios destrutivos um modelo da exposição prevista.
  • Melhoria da qualidade dos produtos.
  • Assegurar a segurança dos funcionários que se encontram em zonas com possível libertação de energia.