INTRODUÇÃO
Uma avaliação do impacto sobre a segurança, a saúde e o meio ambiente é um processo sistemático através do qual se identifica o impacto de diferentes projetos sobre a segurança, a saúde ou o meio ambiente. O objetivo principal de um relatório de avaliação com estas características é demonstrar: que o projeto cumpre a legislação e a regulamentação em termos de segurança, saúde e meio ambiente; que se identificaram, avaliaram e mitigaram sistematicamente todos os perigos relacionados com a segurança, a saúde e o meio ambiente, incluindo os riscos de acidentes graves e os riscos para a saúde no trabalho; que se identificou, avaliou e mitigou o impacto ambiental do projeto.

1

2

pt

3

DIRIGIDO A
O processo de avaliação do impacto sobre a segurança, a saúde e o ambiente pode ter lugar em quatro fases bem diferenciadas de um projeto de construção. No final de cada fase pode-se elaborar um relatório da avaliação e submetê-lo à aprovação do cliente.
 
Para o processo de aprovação de um projeto definem-se as quatro fases seguintes:
  • Fase 1: O relatório de avaliação do impacto sobre a segurança, a saúde e o ambiente é elaborado na fase inicial de engenharia e conceção do projeto e é aprovado antes de este passar à fase de engenharia, fornecimento e construção (EPC).
  • Fase 2: O relatório de avaliação é elaborado quando os empreiteiros de EPC se encontram na fase de conceção detalhada do projeto. Este relatório é aprovado antes de ser iniciada a construção e avalia o impacto das obras sobre a segurança, a saúde e o ambiente.
  • Fase 3: O relatório de avaliação é elaborado quando é iniciada a construção e é aprovado antes de as instalações serem colocadas em serviço. Inclui uma revisão dos manuais de operações e dos procedimentos de manutenção para assegurar o funcionamento seguro.
  • Fase 4: O relatório de avaliação é elaborado no término da vida útil das instalações e é aprovado antes do desmantelamento das mesmas.
A NOSSA SOLUÇÃO
A avaliação do impacto sobre a segurança, a saúde e o ambiente efetuada pela Applus+ inicia-se com a identificação, estudos de abrangência, do impacto e dos riscos de um projeto em termos de segurança, saúde e ambiente. Em seguida, reúnem-se num Registo de Perigos e Efeitos, e a partir daí, o processo consiste numa avaliação do impacto ambiental, num controlo dos riscos de acidentes graves e numa avaliação dos riscos para a saúde no trabalho. 
 
A nossa solução começa por avaliar as atividades atuais do cliente e destacar a possível exposição a riscos significativos no âmbito da segurança, da saúde e do ambiente. Em seguida, prestamos atenção ao contexto mais geral da organização do cliente para determinar que mudanças se podem introduzir na respetiva forma de trabalhar.
 
Seguidamente, realiza-se uma avaliação do impacto sobre a segurança, a saúde e o ambiente para demonstrar que:
  • Se estabeleceu um plano eficaz de prevenção de acidentes graves e um sistema de gestão da segurança, da saúde e do ambiente
  • Se identificaram, registaram e avaliaram os riscos para a saúde, segurança e impacto ambiental
  • Se estão a gerir o impacto ambiental e os riscos
  • Se identificaram medidas adequadas e se dispõe dos equipamentos e sistemas essenciais
  • Se elaboraram planos de emergência para o interior e para o exterior das instalações
  • Os riscos das atividades do projeto são “ALARP” (os mais baixos dentro do razoavelmente possível)
  • Se estabeleceu um plano geral sólido para proteger as vidas, os bens, o ambiente e o negócio
VANTAGENS E BENEFÍCIOS
A identificação de riscos potenciais para a segurança, saúde e ambiente e a adoção das medidas necessárias para os gerir de forma rápida e eficaz podem dar lugar a uma importante redução de custos ao minimizar os tempos de paragem desnecessários, prevenir as lesões evitáveis e evitar os desastres ambientais.